TJAL na Bienal - 03/11/2019 - 21:20:50
Juiz Luciano Andrade relança o livro “40 Dias” na Bienal Internacional do Livro
Evento foi realizado no estande da Esmal e da Almagis que tem proporcionado aos magistrados e servidores do Judiciário a exposição de seus trabalhos

O magistrado Luciano Andrade explicou que o romance fictício é baseado na vida de Jesus Cristo. Foto: Caio Loureiro O magistrado Luciano Andrade explicou que o romance fictício é baseado na vida de Jesus Cristo. Foto: Caio Loureiro

Na noite deste domingo (3), o magistrado Luciano Andrade, que é titular da 7ª Vara Cível da Capital, aproveitou a magia de espírito literário da 9º Bienal Internacional do Livro para relançar seu livro “40 Dias”, romance fictício baseado na vida de Jesus Cristo. O evento foi realizado no estande da Escola Superior da Magistratura (Esmal) e da Associação Alagoana de Magistrados de Alagoas (Almagis).

“Mais um lançamento nesse lugar incrível que é a Bienal do Livro. Estou encantado e muito feliz por estar aqui, que respira cultura, que encontramos uma diversidade de pessoas interessadas nos mais diversos livros. Estar participando contribuindo com meu livro é formidável para mim”, disse o juiz Luciano Andrade.

Juiz André Gêda prestigiou o relançamento do livro durante a Bienal do Livro. Foto: Caio Loureiro

Segundo o autor, o romance é uma história fictícia que busca preencher o imaginário das pessoas sobre a vida privada do homem mais famoso do mundo. “Eu sempre gostei muito do tema. A gente falar sobre a vida privada do homem mais incrível que a história conheceu, imaginar que ele teve uma vida humana como a nossa, vivendo, desfrutando da alegria e da tristeza, enfrentando todas as dificuldades. Poder imaginar e escrever sobre isso me deixou muito feliz”, contou

O magistrado também agradeceu a Esmal e a Almagis por ter proporcionado a oportunidade dos magistrados divulgarem seus trabalhos no âmbito do Poder Judiciário, assim como em outras áreas. A obra já tinha sido lançada no dia 25 de setembro deste ano na sede da Esmal com a participação de magistrados, servidores, familiares e amigos do juiz.

Coral do Judiciário e Roda de Conversa

O domingo também foi especial para quem gosta de música e estava na Bienal do Livro. Às 16h, o Coral do Poder Judiciário, regido pelo maestro Rodrigo Andrade Teixeira, encantou o público com uma apresentação na frente do Armazém Uzina. Em seguida, a juíza Juliana Batistela conversou com o público sobre abuso sexual na infância


Robertta Farias – Dicom TJAL
imprensa@tjal.jus.br – (82) 4009-3240 / 3141



Curta a página oficial do Tribunal de Justiça (TJ/AL) no Facebook e acompanhe nossas atividades pelo Twitter. Assista aos vídeos da TV Tribunal, visite nossa Sala de Imprensa e leia nosso Clipping. Acesse nosso banco de imagens. Ouça notícias do Judiciário em nosso Podcast.