Atualize-se - 11/05/2017 - 15:06:39
Cursos on-line oferecidos pelo CNJ estão com inscrições abertas até 25/05
Há sete cursos disponíveis; oficina para pais e mães sobre como amenizar os efeitos da separação na vida dos filhos é um dos mais procurados

Acompanhe o Atualize-se e fique informado sobre atualidades do mundo do Direito. Acompanhe o Atualize-se e fique informado sobre atualidades do mundo do Direito. Arte: Itawi Albuquerque

    Aprender a gerir documentos, conhecer as regras do novo acordo ortográfico, ter noções de gestão do conhecimento. Quem tem interesse em aperfeiçoar seus conhecimentos e incrementar o currículo pode aproveitar os cursos oferecidos no portal do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Gratuitos e abertos a toda população, os cursos estão com inscrições abertas até o dia 25 de maio. 

    O trabalho é desenvolvido pelo Centro de Formação e Aperfeiçoamento do Poder Judiciário (CEAJud) do CNJ. Há sete cursos disponíveis: Improbidade Administrativa; Gestão Documental no Poder Judiciário; Conhecendo o Poder Judiciário e o Papel do CNJ; Novo Acordo Ortográfico; Gestão da Qualidade; Gestão do Conhecimento; Metodologia de Análise e Solução de Problemas e Oficina de Pais e Mães Online. 

    Para se inscrever, basta acessar a relação de cursos disponível aqui e escolher aquele que deseja realizar. Ao se registrar, o aluno recebe e-mail de confirmação para acessar a área virtual de aprendizado, onde terá acesso a informações.

Separação e filhos

    Um  curso bastante procurado na página do CNJ é a Oficina de Pais e Mães, que busca auxiliar as famílias a amenizarem os efeitos da separação na vida dos filhos. A ação educacional teve a participação de quase 9 mil pessoas nos últimos dois anos. Além de esclarecer as diferentes visões sobre como adultos e crianças encaram a experiência da separação, as aulas apresentam o conceito e a legislação sobre alienação parental.

  Todos os cursos atendem às determinações da Resolução n. 111/2010 do CNJ, que criou o CEAJud, cuja missão é coordenar e promover, com os tribunais, educação corporativa e desenvolvimento das competências necessárias ao aperfeiçoamento de servidores para o alcance dos objetivos estratégicos do Poder Judiciário.

Por Thaís Cieglinski

Agência CNJ de Notícias



Curta a página oficial do Tribunal de Justiça (TJ/AL) no Facebook e acompanhe nossas atividades pelo Twitter. Assista aos vídeos da TV Tribunal, visite nossa Sala de Imprensa e leia nosso Clipping. Acesse nosso banco de imagens. Ouça notícias do Judiciário em nosso Podcast.