Geral - 24/07/2019 - 13:31:51
Esmal discute valorizao da vida com 300 alunos da rede pblica
Palestra, ministrada pela mdica Delza Gita, contou com a presena de estudantes de quatro escolas da capital

Mdica Delza Gita palestrou sobre o tema e falou sobre o Centro de Valorizao da Vida. Foto: Caio Loureiro Mdica Delza Gita palestrou sobre o tema e falou sobre o Centro de Valorizao da Vida. Foto: Caio Loureiro

O Projeto Cidadania e Justia na Escola (PCJE), da Escola Superior da Magistratura de Alagoas (Esmal), promoveu uma palestra sobre valorizao da vida e preveno ao suicdio para alunos da rede pblica de ensino, na manh desta quarta-feira (24). A atividade aconteceu na sede da Esmal, em Macei, e contou com cerca de 300 estudantes.

O coordenador do projeto, juiz Anderson Passos, destacou a importncia de dialogar com os jovens sobre o tema. ?Essa palestra hoje uma forma de tentar, de alguma maneira, interceder por esses adolescentes. Entendemos que o PCJE tem o dever de trabalhar questes sensveis e no poderia deixar de tratar o suicdio, mostrar que h caminho e soluo?, apontou.

Juiz Anderson Passos destacou a importncia do PCJE abordar assuntos sensveis com estudantes. Foto: Caio Loureiro 

A mdica Delza Gita conduziu a palestra e falou sobre o Centro de Valorizao da Vida (CVV), servio de atendimento e preveno ao suicdio do qual voluntria. ?Quem ligar para o nmero 188 vai ser acolhido por algum, conversar e fazer seu desabafo de forma totalmente sigilosa, sem julgamentos, sem crticas. Uma escuta atenta, ativa?.

Participaram da atividade estudantes do 9 ano (Ensino Fundamental) das escolas municipais Haroldo da Costa e Antdio Vieira e 1 ano (Ensino Mdio) das escolas estaduais Edmilson Pontes e Mota Trigueiros. Ao final, os alunos puderam assistir a uma apresentao sobre o tema com msica e teatro de fantoches.

Para a professora Ftima Rocha, a escola tambm cumpre um papel determinante nessas abordagens. ?Esperamos que os coordenadores e professores que esto aqui sejam verdadeiros multiplicadores nos seus ambientes escolares e fora deles, no entorno da escola, para que a gente venha a pelo menos minimizar essa situao?, explicou.

O CVV atende gratuitamente por telefone ou presencialmente na praa Cipriano Juc, no bairro da Mangabeiras, na capital. O servio oferecido diariamente por 24 horas. Para se voluntariar preciso participar do curso gratuito de preparao de voluntrios, atravs do site.

Lara Morais - Dicom TJAL
imprensa@tjal.jus.br - (82) 4009-3141/3240



Curta a página oficial do Tribunal de Justiça (TJ/AL) no Facebook e acompanhe nossas atividades pelo Twitter. Assista aos vídeos da TV Tribunal, visite nossa Sala de Imprensa e leia nosso Clipping. Acesse nosso banco de imagens. Ouça notícias do Judiciário em nosso Podcast.