Geral - 14/01/2020 - 11:59:40
TJ vai conscientizar estudantes de escola pública sobre violência doméstica
Juíza Carolina Valões, integrante da Coordenadoria da Mulher do Tribunal de Justiça, conduzirá a iniciativa, que promoverá bate-papos e dinâmicas

Assinatura de termo de cooperação ocorreu no gabinete da Presidência. Assinatura de termo de cooperação ocorreu no gabinete da Presidência.
Cooperação levará projeto Lei Maria da Penha aos estudantes das escolas públicas

O Judiciário de Alagoas vai levar atividades de conscientização sobre violência doméstica contra mulheres, para alunos de escolas públicas. O presidente do Tribunal de Justiça, Tutmés Airan, e o diretor da Escola Superior da Magistratura de Alagoas (Esmal), desembargador Fábio Bittencourt, assinaram termo de cooperação, nesta terça-feira (14), para viabilizar a iniciativa.

Tutmés Airan ressaltou que o projeto, denominado Lei Maria da Penha nas Escolas, é relevante principalmente para crianças que presenciam a violência em casa e podem acabar naturalizando a situação.

?A tendência do jovem que vê esse comportamento dentro de casa é reproduzir o modelo. É muito importante esse tipo de trabalho, para que o jovem não reproduza mais adiante?, disse o presidente.

A juíza Carolina Valões, integrante da Coordenadoria da Mulher do Tribunal de Justiça, conduzirá a iniciativa, que ocorrerá no âmbito do Programa Cidadania e Justiça na Escola, da Esmal. Serão promovidos bate-papos e dinâmicas que envolvam os alunos.

?Vamos fazer um levantamento e escolher uma escola no primeiro semestre e outra no segundo, para a gente fazer um trabalho mais aprofundado. Será lançado um edital para servidores e juízes fazerem esse trabalho, eles serão certificados pela Esmal e terão pontos no Juízo Proativo?, explicou Carolina.

A desembargadora Elisabeth Carvalho Nascimento está à frente da Coordenadoria da Mulher, que tem ainda como integrantes os magistrados José Miranda e Marcella Pontes.


Diretoria de Comunicação - Dicom TJAL - IN
imprensa@tjal.jus.br - (82) 4009-3141/3240


Curta a página oficial do Tribunal de Justiça (TJ/AL) no Facebook e acompanhe nossas atividades pelo Twitter. Assista aos vídeos da TV Tribunal, visite nossa Sala de Imprensa e leia nosso Clipping. Acesse nosso banco de imagens. Ouça notícias do Judiciário em nosso Podcast.